Private Equity

A Vinci é uma das principais empresas de Private Equity no Brasil, com US$ 1,7 bilhões em ativos sob gestão, com foco em transações de crescimento, greenfield e turnarounds. O foco está voltado para companhias brasileiras de setores com vantagem competitiva, taxas promissoras de crescimento e nas quais a experiência e capacidade de execução da Vinci Partners sejam capazes de promover melhorias significativas na gestão.

Desde 2004, os sócios da Vinci Partners já investiram em mais de 40 companhias. A Vinci Partners administra atualmente dois fundos de Private Equity: um portfólio de ativos que consiste em US$ 608 milhões  de investimentos proprietário e o Vinci Capital Partners II, LP ("VCP II" ou "Fundo II") com US$ 1,4 bilhão em capital comprometido e uma base diversificada de investidores brasileiros e internacionais. 

Em média, os investimentos variam entre US$ 100 e US$ 200 milhões, com preferência para aquisições de controle de empresas líderes com Valor de Empresa (Enterprise Value) entre US$ 200 a US$ 600 milhões.

Seu histórico consistente  inclui investimentos bem sucedidos em empresas em diferentes etapas de desenvolvimento, a partir de operações greenfield, crescimento e oportunidades de turnaround complexas. A Vinci diferencia-se pela identificação de transações exclusivas em diferentes indústrias e pela criação de valor através de melhoria operacional.

  • Inbrands

    Fundo I, FIP, 2008

    A Inbrands reúne um conjunto de importantes marcas do país que foi criada pela Vinci com a proposta de consolidação do setor de varejo de vestuário de alto padrão.

  • Sollus

    Fundo I, FIP, 2008

    A Sollus foi criada para identificar e adquirir terras agrícolas com potencial para a produção de grãos. A empresa atualmente possui 23 mil hectares de terra no Brasil.

  • Austral Participações

    Vinci Capital Partners II, FIP, 2011

    Incorporada em 2010 durante o processo de captação de recursos da VCP II, a Austral atualmente é líder nos principais segmentos em que atua. A Austral Seguradora prioriza os segmentos de seguro garantia, petróleo, P&C e riscos marítimos e a Austral Resseguradora é uma resseguradora local, autorizada pela SUSEP, com diversas frentes de negócio e ênfase em contratos automáticos.

    Assista ao vídeo

  • BK Brasil

    Vinci Capital Partners II, FIP, 2011

    Criada pela Vinci em parceria com a Burger King Corporation, a BK Brasil controla a operação brasileira da marca Burger King e foi responsável pelo desenvolvimento de mais de 600 pontos de venda em 5 anos.

    Assista ao vídeo

  • Unidas

    Vinci Capital Partners II, FIP, 2011

    Entre as maiores locadoras de automóveis do país, a Unidas possui uma frota de aproximadamente 50 mil carros e atua nos segmentos de rent-a-car e terceirização de frotas, além de operar uma rede de lojas para venda de seus veículos seminovos. A companhia opera com exclusividade no Brasil as marcas National, Alamo e Enterprise, que pertencem a Enterprise Holdings, maior companhia do setor do mundo e acionista da Unidas.

    Assista ao vídeo

  • Le Biscuit

    Vinci Capital Partners II, FIP, 2012

    A Le Biscuit é uma rede de lojas de varejo de utilidades doméstica, brinquedos, papelaria e artigos sazonais, com sede em Salvador, Bahia, e lojas em 12 estados brasileiros. Os planos futuros da companhia incluem aumentar a sua penetração em regiões onde ela já está presente, especialmente através da locação de espaços em shopping centers.

    Assista ao vídeo

  • Cecrisa

    Vinci Capital Partners II, FIP, 2012

    Top 3 player no setor de pisos de porcelanato e revestimento cerâmico, a Cecrisa opera por meio das marcas Portinari e Cecrisa. O foco da empresa está no médio e alto segmentos, onde a qualidade, design e reconhecimento da marca são mais relevantes, permitindo margens e preços mais elevados. A Cecrisa opera atualmente com três fabricas e mais de 1.800 profissionais.

    Assista ao vídeo

  • PDG

    Vinci Capital Partners II, FIP, 2012

    A PDG é uma empresa pública, listada em bolsa, onde o fundo gerido pela Vinci tem participação minoritária.

    Atua em todos os aspectos relevantes do mercado imobiliário brasileiro, passando pela: (a) aquisição de terrenos para incorporação; (b) incorporação imobiliária; (c) construção; e (d) comercialização de unidades residenciais, comerciais e de loteamento.

    Atualmente, o principal foco da Companhia são os produtos destinados a consumidores de produtos econômicos, média e média-alta renda em todo Brasil, sobretudo nos mercados imobiliários dos estados de São Paulo e do Rio de Janeiro.

  • CBO

    VINCI CAPITAL PARTNERS II, FIP, 2013

    A CBO é uma companhia verticalmente integrada, posicionada para proporcionar apoio marítimo offshore para as maiores empresas da indústria brasileira de óleo e gás. A empresa possui dois estaleiros próprios e um portfólio de 27 navios operacionais, além de outros 6 atualmente em construção.

    Assista ao vídeo

  • Uniasselvi

    Vinci Capital Partners II, FIP, 2016

    Uniasselvi é a quinta maior plataforma de educação de ensino à distância do Brasil. A Companhia possui hoje aproximadamente 130,000 estudantes divididos entre 74 centros de ensino e 7 campos presenciais.

  • Fundo I

  • PDG Realty

    Homebuilding, 2010

  • Light

    Electricity distribution, 2010

  • CMAA

    Ethanol Mill, 2013

  • Usina Canada

    Ethanol Mill, 2009

  • Satipel

    Wood Panel Manufacturing, 2007

  • Fanor

    Education, 2009

  • Los Grobo

    Agribusiness, 2016

  • Equatorial

    Electricity distribution, 2015

  • A Vinci Capital Gestora de Recursos Ltda. ("Vinci") não comercializa nem distribui quotas de fundos de investimento ou qualquer outro ativo financeiro. As informações aqui tem caráter meramente informativo. As informações constantes neste site estão em consonância com os regulamentos e os prospectos dos fundos de investimento, porém não os substituem. Para avaliação da performance de quaisquer fundos de investimentos, é recomendável uma análise de período de, no mínimo, 12 (doze) meses. Fundos de investimento não contam com garantia da Vinci, de qualquer de suas afiliadas, do administrador, de qualquer mecanismo de seguro ou, ainda, do Fundo Garantidor de Créditos (FGC). Ao investidor é recomendada a leitura cuidadosa do Regulamento e do Prospecto dos fundos de investimento em que deseja aplicar. Investimentos implicam na exposição a riscos, inclusive na possibilidade de perda total do investimento. A rentabilidade obtida no passado não representa garantia de rentabilidade futura.

    Fundo de Acordo com o Código da ABVCAP/ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas para os Fundos de Investimento em Participações e Fundos de Investimento em Empresas Emergentes.